Franquias baratas de salgadinhos – É pra sobrar dinheiro no bolso!

  • Compartilhe:
  • Publicado em
Opções de franquias baratas de salgadinhos para investir

Não é novidade que o setor de alimentação possui um alto faturamento. As opções de lanches e refeições são inúmeras. Há um alimento para cada tipo de paladar. Assim como há a paixão dos brasileiros pelos salgados. Aliás, eles não estão presentes somente nas praças de alimentação, barraquinhas e lanchonetes, mas também em festas e eventos de todos os tipos. Então, se você quer abocanhar um pedaço saboroso desse mercado, fique atento às franquias baratas de salgadinhos, que representam um baixo investimento e um alto retorno.

Com uma enorme variedade de salgados, pastéis, mini lanches e mini doces, as micro franquias de salgadinhos se tornaram uma das primeiras opções de quem deseja investir nas franquias de alimentação, mas não quer ou não pode dispor de um alto valor para empreender.

Até porque o custo de uma franquia no ramo alimentício costuma ser alto. Pois apesar do valor do investimento variar de acordo com o formato do negócio, os custos com suprimentos, equipamentos de cozinha, mobiliário, entre outros, acabam pesando na hora de investir.

No entanto, as franquias que tem como carro-chefe os salgados, costumam expandir através de modelos de franquias enxutos. Por esse motivo, passaram à ser uma alternativa de negócio mais viável.

As franquias baratas de salgadinhos se enquadram no chamado fast food, isto é, uma comida que é preparada e servida com rapidez. Geralmente os salgados e outros pequenos lanches chegam às unidades franqueadas, já prontos para fritar ou assar. Assim, em poucos casos é preciso manusear minimamente o alimento. Isso faz com que o custo de operação fique baixo, pois demanda pouca mão de obra. Além disso, a metragem do local não precisa ser grande, já que não há necessidade de uma grande armazenagem.

Vale a pena investir nas franquias de mini salgados?

Antes de mergulhar de cabeça em um negócio é essencial analisar todos os pontos, principalmente a rentabilidade.

Mas antes de fazermos uma análise dos dados do setor, é preciso ressaltar que abrir uma franquia não é garantia de sucesso nos negócios. No entanto, o sistema de franquias já provou que pode trazer uma chance muito maior de êxito, quando comparado à iniciar um negócio do zero.

A diferença entre ter uma franquia de salgados de sucesso e ter uma franquia que não progride, está em:

  • Esforço do franqueado e de sua equipe no dia a dia da operação;
  • Excelente atendimento aos clientes;
  • Cuidado permanente para manter o ambiente limpo e de acordo com as normas da vigilância sanitária;
  • Executar os procedimentos contidos nos manuais operacionais, fornecidos pela franqueadora;
  • Servir os salgados e demais produtos, sempre frescos (feitos na hora);
  • Buscar maneiras de divulgar a unidade localmente, de modo à não depender somente do marketing nacional feito pela rede.

Além dos itens listados acima, escolher uma franquia que atua no mercado com seriedade e responsabilidade é fundamental. Pois a grande vantagem em ser um franqueado é contar com o suporte e Know How de uma empresa que desenvolveu o próprio conceito de negócio, aprendeu com os erros, encontrou soluções para corrigí-los e enfim chegou à um modelo comprovado de negócio.

As franquias de mini salgados são lucrativas?

Quanto à ser uma opção lucrativa, as franquias de salgados surpreendem positivamente. Este tipo de franquia faz parte do segmento de alimentação, que registra um faturamento e um crescimento expressivo, todos os anos.

Só para exemplificar, segundo a ABF – Associação Brasileira de Franchising, as franquias de alimentação faturaram juntas, mais de R$ 10 bilhões só no primeiro trimestre desse ano.

Esse número por si só, mostra o quanto o mercado é aquecido. Além disso, o ato de se alimentar fora de casa é algo muito comum entre os brasileiros, independente da classe social.

Lista das franquias baratas de salgadinhos

Se você quer encontrar as melhores opções de micro franquias baratas de salgadinhos, para torná-lo bem-sucedido, não é preciso procurar mais. Isso porque, temos aqui uma lista abrangente de franquias que vendem todos os tipos de salgados e outros lanches.

Além de conhecer as marcas, você terá acesso à informações úteis, como por exemplo, o custo para ser um franqueado, requisitos para fazer parte da rede de franquias pretendida, entre outros.

Com o intuito de te auxiliar nesse processo de encontrar uma franquia, pesquisamos em diversas fontes sobre as empresas listadas abaixo. Logo após, fizemos um resumo sobre o que acreditamos ser importante, a respeito dessas lucrativas oportunidades de negócio.

1 – Vovó Kel

Franquias baratas de salgadinhos Vovó Kel

Presente no mercado há mais de 45 anos, a rede de franquias Vovó Kel aposta nos deliciosos mini salgadinhos de sabores clássicos e também nos mini churros.

Entre as vantagens de ser um franqueado, está a facilidade de operação do negócio, pois os produtos são entregues congelados, tendo que apenas finalizar o processo de preparo e vender aos clientes.

Hoje, a marca que tem mais de 40 unidades, vende não só salgadinhos de diversos sabores, como também mini porção de batata frita, cone de isca de frango, mini pastéis, entre outros.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 59,9 mil
Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
Payback: 12 meses

2 – Franquias baratas de salgadinhos: La Coxinha

Fachada da franquia de salgadinhos La Coxinha

Fundada em 2013 e presente no franchising desde 2014, a La Coxinha segue em expansão por todo território brasileiro.

A marca oferece suporte completo na pré e pós inauguração, além de outros benefícios. Por exemplo, garantia da qualidade dos salgados, apoio na escolha do ponto de venda, treinamentos iniciais e de reciclagem, etc.

No cardápio, os clientes encontram diversas opções para saborear. Entre elas, está a coxinha de frango, bolinha de frango com queijo, croquete, batata frita, pastel de carne e mini churros, que são servidos em embalagens (copos e caixa) de tamanhos diferentes.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 54 mil
Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
Payback: 12 a 24 meses

3 – Pastelaria Fujiyama

Pastel doce recheado da franquia Pastelaria Fujiyama

Presente no ramo alimentício desde 1986, a Pastelaria Fujiyama é mais uma opção de franquia de salgadinhos. Atualmente a marca possui diversas lojas em operação no estado de Minas Gerais.

O mix do cardápio é variado e tem opções de pastéis tradicionais, especiais, premium e doces. Além disso, as unidades também vendem salgados mini e grandes, refeições, lanches naturais, sobremesas, açaí, porções e bebidas.

Há três formatos de franquia, são eles: loja de rua, loja de rua com mix de bar e loja de shopping e/ou hipermercado.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 100 mil
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil
Payback: 24 a 36 meses

4 – Baff’s Salgaderia

Área interna da franquia Baff's Salgaderia

Desde 2006, ano em que teve sua primeira unidade inaugurada, a Baff’s Salgaderia vende salgados, pães de queijo, cafés, bebidas frias, sorvetes e outros itens de um cardápio variado.

Hoje a marca conta com mais de 50 unidades em funcionamento nos estados de São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal.

Para se associar à rede, há três formatos de franquia: food bike, quiosque e lanchonete.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 60 mil
Faturamento médio mensal: não informado
Payback: 6 a 24 meses

5 – Loucos por Coxinha

Quiosque da franquia Loucos por Coxinha

Com mais de 40 unidades, a rede Loucos por Coxinha faz parte das franquias de fast food. O principal produto oferecido é a mini coxinha tradicional, que possui sabores variados. Por exemplo, coxinha de frango, queijo, calabresa e carne de sol.

A marca está presente em diversos estados brasileiros, como por exemplo, no Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, etc.

Decerto, o franqueado contará com treinamento pré e pós operacional, logística própria da rede e auxílio na escolha do ponto comercial. Além disso, outra vantagem é que a Loucos por Coxinha não cobra taxas de royalties, nem taxa de publicidade.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 198 mil
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil
Payback: 12 a 24 meses

6 – Franquias baratas de salgadinhos: 10 Pastéis

Cardápio da 10 Pastéis, uma das franquias baratas de salgadinhos

Nascida em 1961, no estado do Paraná, a franquia 10 Pastéis acumula vários prêmios. Por exemplo, o de “Melhor Pastel de Curitiba” eleito por 9 vezes consecutivas, pela Revista Veja.

A rede oferece ao franqueado, suporte em todas as etapas da implantação da unidade. Assim como atendimento ao cliente final por meio do SAC, análise financeira continuada, consultoria de campo permanente, entre outros auxílios.

De fato, um dos fatores que trazem segurança aos franqueados, é o fato da fábrica da empresa possuir o Selo de certificação PAS – Programa de Alimentos Seguros.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 70 mil
Faturamento médio mensal: R$ 65 mil
Payback: 24 a 36 meses

7 – Empadinhas Barnabé

Fachada da franquia Empadinhas Barnabé

A marca está em franca expansão principalmente na região Nordeste, onde tem forte presença. Já foram abertas 13 lojas nos estados de Pernambuco e Paraíba.

No cardápio há empadinhas de sabores variados, como por exemplo, charque com catupiry, camarão e tomate seco com ricota. Além disso, as bebidas e os suspiros também agradam os clientes.

O ambiente dos restaurantes foi pensado para que as crianças, adolescentes e as famílias possam frequentar tranquilamente.

O apoio oferecido pela rede engloba a orientação sobre os métodos de trabalho, material promocional, projeto arquitetônico, treinamento, entre outros suportes.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 180 mil
Faturamento médio mensal: R$ 85 mil
Payback: 18 a 36 meses

8 – Cantinho da Coxinha

Franquias baratas de salgadinhos Cantinho da Coxinha

Mais uma opção entre as franquias baratas de salgadinhos é a Cantinho da Coxinha, que possui um baixo custo de investimento e um ótimo retorno financeiro.

Um dos diferenciais da marca é que os salgadinhos são servidos em copos decorados e coloridos. Além disso, o cardápio possui vários sabores de coxinhas e outros salgados, como a coxinha de calabresa, croquete, quibe, bolinhas de queijo, etc.

São disponibilizados quatro formatos de negócio: standard, loja express, quiosque e container.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 80 mil
Faturamento médio mensal: R$ 40 mil
Payback: 12 a 24 meses

9 – Mordidela

Restaurante da Mordidela, que é uma das franquias baratas de salgadinhos

Com mais de 200 franqueados distribuídos em todo território brasileiro, a franquia Mordidela segue em franca expansão.

Entre os motivos para fazer parte da rede, está o direito ao uso de uma marca forte e consolidada nacionalmente e o modelo de negócio que é de fácil operação. Além disso, é uma franquia de baixo investimento.

Os salgadinhos são os principais produtos da Mordidela, mas a marca também comercializa lanches rápidos, pratos executivos e churros.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 57 mil
Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
Payback: 12 meses

10 – Franquias baratas de salgadinhos: Coxinha Rei

Modelo de franquia barata da Coxinha Rei

Por fim, para encerrar a nossa lista, trouxemos mais uma opção de micro franquia, que é a Coxinha Rei.

É permitido que o franqueado venda salgados assados, refrigerantes e sucos de outras empresas/fornecedores. No entanto, 100 % dos salgados fritos devem ser da Coxinha Rei.

A rede possui dois formatos de franquia: loja de rua e kioskball (opção mais barata).

A loja de rua permite que o franqueado ofereça um leque maior de produtos. O ponto comercial deverá ter entre 20 e 30m². Já no modelo Kioskball, a maior vantagem é o ótimo custo x benefício. Trata-se de um quiosque móvel, com 4,95m² de área total.

Números da franquia:

Investimento inicial: a partir de R$ 40 mil
Faturamento médio mensal: R$ 14 mil
Payback: 14 a 18 meses

Todos os dados aqui mencionados (incluindo valores) foram divulgados pela ABF, fornecidos pelas franqueadoras ou retirados da internet no momento da postagem desta matéria. Por isso, é imprescindível, que se faça contato diretamente com a(s) franquia(s) mencionada(s), a fim de confirmar as informações.