The coffee franquia – Quanto custa, como funciona e se vale a pena!

  • Compartilhe:
  • Publicado em

O café urbano inspirado no Japão está em expansão em nosso país. A história da marca começou no ano de 2017, quando três irmãos (Luis, Carlos e Alexandre Fertonani), após inúmeras viagens ao Japão (JP), tiveram a ideia de trazer um pouco da cultura japonesa para o Brasil, no que se refere à cafeterias. Assim, surgiu o The Coffee Franquia.

Os empresários criaram a marca com o intuito de revolucionar a forma de tomar um café na rua, seja durante um passeio, reunião de trabalho, para um bate papo informal ou apenas para degustar a deliciosa bebida.

A cultura vinda do Japão foi implementada nas cafeterias The Coffee. Como resultado, as unidades foram abertas em locais compactos (cerca de 6m²), prezando pelo minimalismo e tecnologia.

A tecnologia fica em evidência na hora de fazer o pedido, pois os clientes utilizam um tablet, que fica dentro da unidade. Por fim, para efetuar a compra, realizam o pagamento utilizando um cartão (débito ou crédito). Além disso, há a opção do cliente baixar o aplicativo.

Outro diferencial é o fato de não ser possível pagar usando dinheiro.

Uma marca revolucionária e moderna, não é verdade?!

Por oferecer um cardápio simplificado aos clientes, a marca obteve sucesso imediato. Com isso, rapidamente tornou-se franquia e diversas unidades foram inauguradas.

Atualmente, a The Coffee está presente em Curitiba, Florianópolis e em São Paulo, onde possui o maior número de unidades. Os paulistanos encontram os cafés na Rua Augusta, em Pinheiros e outros endereços.

Cardápio da The Coffee Franquia

Ao contrário de outras cafeterias que servem cafés e pequenos lanches em mesas, a The Coffee se destaca da concorrência. E com o cardápio, o mesmo acontece.

O menu é enxuto, porém delicioso, já que o café (principal produto da marca) vem do Norte do Paraná e possui sabor e aroma inconfundíveis.

A marca oferece:

  • Puristas (quentes e gelados – expresso, pure black, americano, entre outros);
  • Bebidas quentes (latte, chocolate quente, etc);
  • Gelados (combinações do café com baunilha, caramelo salgado, chocolate com menta, etc);
  • Bolos e cookies.

Cardápio da franquia The Coffee Café

Valor da Franquia The Coffee

Mas e afinal, quanto custa uma franquia do The Coffee?

O preço para se tornar um franqueado é a partir de R$ 100 mil, com o payback em torno de 1 ano e meio.

Para outras informações, é recomendável entrar em contato diretamente com a marca.

Como você pode ver, o preço da franquia é acessível, quando comparado à outras franquias de cafeteria. Isso ocorre porque as despesas iniciais e mensais são razoavelmente baixas.

Veja em seguida algumas justificativas para o baixo custo:

  • Geralmente é necessário a contratação de apenas 1 (um) barista. A unidade pode ser operada por apenas um profissional, a não ser no horário após o almoço, que devido ao grande movimento, pode ser necessário ter uma outra pessoa para auxiliar. De acordo com a rede, o salário de um especialista em café costuma ser 30% a mais que o salário mínimo;
  • As unidades precisam ter em torno de 6m², somente. Essa é a área onde o cliente será atendido. Além disso, é necessário ter um espaço para estoque, que também pode ter essa mesma metragem;O cardápio é enxuto, diminuindo os custos com estoque.

5 Curiosidades das Franquias de Cafeteria

Interessado em abrir uma franquia de cafeteria? Antes de mais nada, conheça melhor o setor e analise se quer fazer parte dele.

  1. De acordo com a ABIC (Associação Brasileira de Indústria de Café), cerca de 95% dos brasileiros consomem a bebida, seja em cafeterias, em casa ou outros locais.
  2. O Brasil só perde para os Estados Unidos, quando a “disputa” é sobre ser o maior consumidor mundial de café. No entanto, é o nosso país que lidera a produção mundial de café.
  3. Uma das maiores franquias de café do mundo é a Dunkin ‘Donuts, que nos últimos anos, abriu mais de 1.500 lojas.
  4. Adquirir uma franquia de café é ideal para quem gosta de construir relações duradouras com os seus clientes. Um produto de alta qualidade e um atendimento incrível, vão fazer com que muitos bebedores de café visitem a loja diariamente.
  5. Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising) já são mais de 40 empresas que adediram à expansão por meio de franquias, como forma de crescimento. Como resultado, os pontos de venda não param de aumentar.

Conclusão

De fato, a franquia The Coffee é uma das opções para considerar, no momento da abertura de uma franquia.

Conforme vimos, o valor acessível, quando comparado à outras marcas do setor, é um dos pontos favoráveis da rede, que segue em expansão, mantendo o foco principalmente nos centros urbanos. Pois são nas grandes cidades, que as pessoas tem o hábito de tomar um café ou outra bebida, que seja rápida de comprar e consumir.

Portanto, se você é um possível candidato à esta franquia, pesquise atentamente sobre a marca. Isto é, saiba qual é a reputação, opinião de outros franqueados, planos de crescimento da franqueadora e outras questões importantes.

 

Todos os dados aqui mencionados (incluindo valores) foram divulgados pela ABF, fornecidos pelas franqueadoras ou retirados da internet no momento da postagem desta matéria. Por isso, é imprescindível, que se faça contato diretamente com a(s) franquia(s) mencionada(s), a fim de confirmar as informações.